Mobirise



a lua acendeu
seu lustre gigante
no teto da noite

e um milhão de poças
pariram si mesmos
enluarados

cada um deles
certo de ser a lua
que alto ascendia

(2017)

Rodrigo Vaz © Poesia Alguma   2017     Sobre os Direitos Autorais