web site maker


A meia vontade em mim te quer.
A meia fraqueza em mim te teme.
A meia vida em mim se consome.
A meia morte em mim sou.

(1990)
 
 
 
 
 

Rodrigo Vaz ¬© Poesia Alguma   2017     Sobre os Direitos Autorais