POESIA ALGUMA







a mesma massa
viscosa e alheia alcança
a garganta imensa e inútil e
sinto que o pior não me escapa.
tortura adequada a quem
mais se despreza,
é engolir a si mesmo
no enjoo.


Rodrigo Vaz © Poesia Alguma 2017 – 2022

Sobre os Direitos Autorais

Desenvolvido por


Imprima